2º ANIVERSÁRIO DA LUSAPME – ASSOCIAÇÃO DAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

AA LUSAPME – Associação das Pequenas e Médias Empresas faz hoje dois anos.
Começamos com uma ideia, auxiliar os empresários portuguesas nos momentos de crise que atravessamos.
Dirigimos o nosso principal foco para a promoção da internacionalização das empresas portuguesas e a promoção das exportações dos produtos nacionais. Este foco teve sempre a ver com a aproximação dos empresários às comunidades portuguesas, espalhadas pelo mundo.
Contudo, hoje, a realidade ultrapassou-nos, e as solicitações dos nossos associados obrigam-nos à implementação de novas ideias e a percorrer outros caminhos sempre com o pensamento nos nossos empresários A tal ponto que, somos, atualmente, poucos para a dimensão que já conseguimos alcançar.
No que respeita à internacionalização, depois de já termos asseguradas as nossas representações em toda a Europa, nomeadamente em Paris, Lyon, Londres, Genebra, Luxemburgo, Madrid e da América do Sul, especificamente no Brasil, nas cidades de S. Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e outras, e ainda em Caracas, na Venezuela, eis que asseguramos há pouco tempo, a Africa do Sul e Austrália, com representações em Joanesburgo, Durban, Cidade do Cabo, Sidney e Melbourne.
Temos neste momento em desenvolvimento a abertura de delegações noutros países como Estados Unidos, Canadá, no Extremo Oriente, Timor, Malásia e outros.
Muito já foi feito, mas tudo está ainda por fazer, face às necessidades de quem nos procura todos os dias, mas vamos continuar a lutar – a persistência lusa inspira-nos.
Por outro lado, nós, a Associação LUSAPME, temos o nosso papel na execução do Portugal 2020, quadro comunitário, que não pode ser visto como a última oportunidade, nem como mais uma oportunidade, mas sim a assunção da nossa obrigação como povo, para tornarmos este pais “do ar condicionado natural”, com sol todo o ano, com segurança, tranquilidade e um povo que sempre teve como vocação ligar continentes, povos e culturas diferentes e que ao longo de séculos o tem feito com o sucesso por todos reconhecido, num pais com um tecido empresarial mais moderno, mais competitivo, que permita a criação de mais e melhor emprego, em suma de maior crescimento económico, um Portugal de todos e para todos os portugueses. A LUSAPME entende que é, também, através da interação com todos os agentes económicos, sociais e políticos, portugueses de “cá” e de “lá”, que o vamos fazer.
E para terminar, repetimos o que dissemos há dois anos, porque fez, faz e continuará sempre a fazer sentido:
“A LUSAPME nasce num momento de grandes incertezas porque acreditamos que um novo modelo de desenvolvimento económico requer novas ferramentas, novas práticas, e sobretudo novas atitudes.
A LUSAPME existe para apoiar as empresas portuguesas na criação de novas oportunidades de negócio e na conquista de novos mercados.
Propomo-nos complementar o trabalho desenvolvido pelas Agencias Governamentais (AICEP, ICEP e IAPMEI), tendo os nossos próprios canais de internacionalização e exportação para diversos países.
Em colaboração com o IEFP, com as Universidades e Centros Tecnológicos de Inovação e de Incubação de Empresas apoiaremos os novos modelos de negócio que estão a surgir.
O Povo Português tem demonstrado, ao longo da sua história, que, em momentos de dificuldade é capaz de responder com coragem e determinação. Temos a forte convicção de que a resposta às dificuldades que hoje enfrentamos passa pela cooperação, pelo trabalho e pela capacidade de manter as janelas abertas para o mundo. Esta é a nossa visão guiada por valores como a integridade, a solidariedade, transparência e ética nos negócios”.
Conte connosco, nós continuamos a contar consigo!